Estudo bíblico para jovens

Quando se fala de jovem, muitos de nós parecemos entender que trata-se de uma classe de cristãos diferenciada ou especial, damos a eles títulos como: o jovem é dinâmico, o jovem é brincalhão, o jovem é isso o jovem é aquilo, e quando eles começam a dar problemas nas congregações nós dizemos: o jovem é assim mesmo, o jovem é difícil de lidar, ou dizemos: é só uma fase logo vai passar, e com medo de perde-los, muitos de nós temos submetido nossas igrejas a uma espécie de adaptação para jovens, modificado os ritos de cultos e até várias formas de discipulado, tudo isso porque criamos conceitos distorcidos sobre o ser jovens. É a partir desses conceitos que temos tentado fazer de tudo para agradar uma classe de cristãos, “os jovens”, forçando a igreja a aderir todo tipo de cultura e arte, pois afinal o jovem gosta de animação, o jovem gosta de coisas novas,  balada, entretenimento, gincanas, o jovem gosta disso o jovem gosta daquilo, em fim, temos uma infinidade de coisas que imaginamos agradar a juventude.

 Com tudo isso, só nos resta uma forma de julgarmos se a igreja é bem-sucedida, ou se está fazendo bom trabalho, para tal julgamento teremos que nos basear na quantidade e animação da juventude, uma grande quantidade e grande animação nos eventos ou trabalhos significa que está tudo certo, o contrário, quer dizer que tem algo errado, é fato que muitos de nós temos tratado a juventude dessa maneira. Biblicamente isso é correto? Dessa maneira teremos realmente uma juventude forte como os jovens Timóteo e Estêvão?

Então o que devemos fazer? Devemos dar aquilo que os jovens querem? Ou dar o que eles precisam? Se seu filho estivesse morrendo de anemia, e seu médico o proibisse de comer bobagens, doces, e outras guloseimas, mas seu filho não quer comer carne, feijão, arroz, legumes, frutas, o que você faria? Deixaria ele morrer comendo besteira? Claro que não!

O apostolo Paulo disse em Rm 7:18,19: “Na minha carne, não habita bem algum”; você acha que seus jovens são diferentes, que na carne deles habita algum bem, ou que eles querem fazer a obra de Deus? Saiba que a natureza carnal que há em todo homem também habita nos jovens, Rm 3:23. Tenha certeza que o jovem, (o carnal, ou o homem exterior), não quer orar, ler a bíblia, evangelizar, falar de jesus, acordar de madrugada para interceder e etc. Ele quer é diversão, passeios, festas, banhos, excursão, e coisas do tipo, ou seja, bem que o homem interior quer, o homem exterior não faz, porque são opostos. Com isso, se você usa dessas estratégias carnais, você atrai pessoas, jovens carnais, e pessoas carnais querem coisas carnais, então você terá que as alimentar das mesmas coisas, ou não, a escolha é sua!

Então como mudar isso? Como transformar Uma juventude fraca em uma juventude forte? Vamos estudar os três métodos mais eficazes para formar ou atrair uma juventude forte, e que verdadeiramente vence o diabo.

Estudo Bíblico Para Jovens, Do que os Jovens Precisam?

palavra para jovens

Palavra

O jovem Timóteo era um filho muito amado de Paulo, e um jovem poderoso nas escrituras, o segredo da unção que estava sobre Timóteo era obediência a doutrina ensinada pelo seu pai na fé, 2 Tm 3:10, ele foi um jovem cheio da palavra de Deus, pois desde sua infância estudava as sagradas escrituras como o próprio apostolo Paulo fala em 2 Tm 3:15. Dê aos seus jovens um poderoso discipulado que irá dá a eles uma consolidação na sã doutrina, para que não sejam levados de um lado para o outro por qualquer vento de doutrina.

O primeiro passo para transformar uma juventude, é enchendo-os da palavra de Deus, quando alguém está cheio da palavra, ele ama os cultos, ama a hora da ministração da palavra e não há nada que possa distrai-lo desse momento, porque é o momento mais esperado por ele. Ele ama falar da palavra com os irmãos e com todo mundo, e fala de Deus com intimidade e amor, com brilho nos olhos, e é um jovem que se desvia do mal e busca a santificação, Salmo 119:11.

Só existe uma maneira de um jovem se purificar, é observando a palavra de Deus, Salmo 119:9. A palavra deve ser praticada tanto pelos jovens como pelos líderes, então se um líder pregar a palavra e pôr em pratica com seus liderados, algo muito forte vai acontecer, eles nunca mais serão os mesmos, por exemplo, pegue este texto Colossenses 3:16,17 e faça o que ele diz nas reuniões de jovens, também Efésios 5:18,19. Os desafie a lerem de 5 a 7 capítulos todo dia, mostre exemplo de pessoas que tiveram grandes experiências com Deus lendo a palavra diariamente, como Jonathan Edwards, John Wesley, e outros.

estudo bíblico para jovens

Jejum

A maior dificuldade do homem é com certeza vencer os impulsos da carne, na carta aos romanos o apostolo Paulo nos descreve essa terrível batalha entre a carne e o espirito, no capitulo sete ele diz que o que lei de Deus é santa, mas o homem é o oposto, por isso não faz o que prefere, mas o que odeia isso faz, Rm 7:14,15,19,20, porque no homem não habita bem nenhum Rm 7:18, mesmo que o homem interior (o espirito) queira agradar a Deus, ele encontra um inimigo do lado de fora, o homem exterior (a carne) e esta fará de tudo para atrapalhar a obediência e a fé, Rm 7:22,23.

Romanos 7:24,25 Paulo declara: “miserável homem que sou, quem me livrará do corpo dessa morte”? No 25 ele dá graças a Deus por Jesus Cristo, afirmando que pelo entendimento é servo de Deus, mas na carne escravo do pecado, por isso a inclinação para carne gera morte e inimizade contra Deus, mas a inclinação para o Espirito é vida e paz, Rm 8:5-8. Não dar para fazer a obra de Deus e trazer um avivamento se os jovens estão presos pela carne, assim como o apostolo Paulo, temos que levá-los a inclinação do Espirito e a morrerem para carne, Gl 2:19.

No antigo testamento, o jejum era muito praticado pelos profetas e sacerdotes, com o objetivo de se humilhar e afligir a alma, com isso obtinham grande comunhão com Deus, em consequência aos jejuns eles se submetiam a vontade de Deus e renunciava a sua própria, no novo testamento deu-se continuidade a pratica do jejum pela igreja do Senhor, foi jejuando que Paulo e Timóteo foram separado pelo Espirito Santo Atos 13:1,2.

Pense na carne como um monte de entulho que não permite que a água corra livremente pele cano, da mesma forma a carne forma uma barreira que impede a fé ultrapassar ou fluir, o jejum é algo que tem o poder de remover esse entulho, o jejum pode remover a incredulidade que provem da carne e nos fazer andar por fé e não por vista, Jesus uma vez repreendeu os discípulos por terem uma fé pequena, e disse que  essa pequena fé os impediu de expulsar uma casta de demônios,  e os exortou dizendo esta casta só se expulsar por meio de jejum e oração, o que Jesus está dizendo, é que a única forma dos seus discípulos deixarem de ser incrédulos e terem fé suficiente só por meio de jejum e oração. Mt 17:14-21

O jejum mata a carne, o jejum aumenta a fé, a fé traz o poder de Deus, jovens que jejuam são jovens cheios de fé e cheios do poder de Deus, jovens cheios de Deus são jovens cheios de experiência, jovens cheios de experiências com Deus vai despertar e atrair outros jovens a serem cheios de Deus, isso chama-se avivamento. Portanto não perca tempo, proporciona aos seus jovens momentos de jejum e oração, faça isso com frequência e você vai ver um grande avivamento vindo da parte de Deus sobre os seus jovens. (a pratica de jejuns levou muitos jovens a se tornarem grandes homens de Deus).

estudo bíblico para jovens

Oração

 Maria, a Rainha dos escoceses, tem a fama de ter dito: “Eu temo as orações de John Knox mais do que todo exércitos da Europa. Em 1559 a Escócia entrou em guerra contra a Inglaterra, e Joohn Knox entrou em oração, clamando dia e noite -“me dá as almas da Escócia senão eu morro”, suas orações eram tão intensas que quando sua esposa o chamava para comer, ele dizia: “Como posso comer com meu povo padecendo? ” Ele orava por horas até que a gloria de Deus o visitava.

Precisamos de jovens que amem estar em oração com Deus, a oração traz a presença de Deus, ela atrai o poder e os atributos comunicáveis de Deus, é na oração que você compartilha do amor de Deus, e é esse amor que te leva a amar os perdidos e a pregar para eles, mesmo que eles te odeiem, jovens que oram são jovens que tem visão do alto, jovens que oram levam e inspiram outros jovens a orar, por isso não alimente a carne de seus jovens, alimente o espirito, gaste tempo em oração com eles, invista em reuniões, encontros e cultos de oração, a oração forma profetas como Eliseu e Josué. Muito pode ´por sua eficácia a oração de um justo! Tg 5:16.

 (As guerras antes de serem ganhas em campo, precisam serem ganhas no reino espiritual!)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *