A volta repentina de Jesus

Leitura de Hoje: Ezequiel 7 a 12, 

Na leitura de hoje…
Veremos no capítulo 12 que Ezequiel anunciou aos exilados na Babilônia o que em breve aconteceria: a queda do reino de Judá. Quando Jerusalém, estivesse cercada pelos babilônios, o rei Zedequias tentaria fugir mas seria capturado e levado para Babilônia com mais outros judeus que ainda seriam deportados. Tudo mais tarde se cumpriu, como está registrado em 2° Reis 25 e Jeremias 52.

A impressão que temos hoje é de que era óbvio que essa profecia se cumpriria! Mas os judeus tinham dificuldade em acreditar na Palavra de Deus, mesmo diante de tantas evidências. Deus disse a Ezequiel: “Filho do homem, que provérbio é este que vocês têm em Israel: ‘Os dias passam e todas as visões dão em nada. (…) A visão que ele vê é para daqui a muitos anos, e ele profetiza sobre o futuro distante’. Pois diga a eles: ‘Assim diz o Soberano, o Senhor: Nenhuma de minhas palavras sofrerá mais demora; tudo o que eu disser se cumprirá.’” (Ezequiel 12.22-28)

Hoje passamos por momento semelhante. Em Mateus 24 e Lucas 21, Jesus anunciou os sinais de sua vinda: fome, guerras, pestes, perseguição, terremotos, dentre outros. Embora tudo isso ocorresse nos tempos bíblicos, esses sinais nunca aconteceram com tanta freqüência como nos últimos anos! Seria este o momento de sua volta?

E se Jesus Voltar agora?

Jesus alertou para estarmoa volta de jesuss atentos às evidências de sua vinda: “Aprendam a lição da figueira: quando seus ramos se renovam e suas folhas começam a brotar, vocês sabem que o verão está próximo. Assim também, quando virem todas estas coisas [os sinais], saibam que ele [Jesus] está próximo, às portas.” (Mateus 24.32-33) Entretanto, assim como nos dias de Ezequiel, há pessoas hoje que duvidam das promessas de Cristo. O apóstolo Pedro escreveu: “(…) nos últimos dias, surgirão escarnecedores zombando e seguindo suas próprias paixões. Eles dirão: ‘O que houve com a promessa da sua vinda?'” (2° Pedro 3.3-4) Pedro, porém explica o motivo da aparente demora do cumprimento dessa profecia: “O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento.” (2 Pedro 3.9)

Jesus está às portas! As evidências anunciam que sua promessa em breve se cumprirá! Não sejamos como os judeus que duvidaram das profecias de Ezequiel. Aproveitemos essa grande oportunidade que Deus ainda nos dá! Arrependemos de nossos erros e estejamos preparados para a qualquer momento nos encontrarmos com Cristo!

Veja mais um devocional diário clicando no link: Por que insistir na desobediência?

Melicégenes Rodrigues
Ministério de Evangelismo Urbano

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *